quinta-feira, 7 de agosto de 2008

Mulher no Japão

No ano de 2008 é comemorado o centenário da imigração japonesa no Brasil, então vamos aproveitar o fio da meada para falar sobre alguns assuntos ligados a mulher no Japão, como a situação da mulher, o feminismo e etc. Então hoje iremos falar sobre a situação da mulher no mercado de trabalho.
A mulher japonesa ainda encontra muitos impedimentos para conseguir decolar sua carreira no Japão, já que lá os preços das creches são elevados e se a mulher tem filho e começa a não querer mais fazer hora extra acaba sendo jogada de lado na empresa.
A situação chega a ser até vergonhosa para um país desenvolvido, já que o número de mulheres empregadas em cargos de gerencia é apenas 10,1%, a maioria das mulheres que estão no mercado de trabalho no Japão é em empregos braçais. Eles se defendem falando que têm medo de perdê-las quando forem mães por isso evitam coloca-las em cargos ‘importantes’, mas a maioria delas não quer largar o emprego, largam por que as creches são muito caras e acabam não tendo condições para pagar.
Os japoneses preferem trazerem estrangeiros a dá uma posição de destaque a mulher.
Em 1985 foram criadas no Japão as leis de oportunidades iguais, que dizia que a partir daquele momento as oportunidades seriam iguais para homens quanto para mulheres. Lei tão bonitinha, porém não eficaz já que a penalidade que dão para as empresas que não seguem essa lei é a de o ministério do trabalho divulgar o nome da empresa, é algo fraco e uma punição que raramente é usada e a maioria, quase todos, o caso acaba ficando no esquecimento e deixados de lado.
A mulher está tentando conseguir sua independência no mercado japonês, mas ainda tem muuuita dependência ao homem e a família, isso é algo muito atrasado para um país desenvolvido.
Por hoje ficamos por aqui, amanhã estarei divulgando uma banda japonesa e o nosso próximo tema ligado ao Japão será o feminismo japonês. Até!

2 comentários:

Menstrual Attack disse...

que legal , laís
mandou bem
eu estou sem computador, mas vou tentar deixar o blog atualizado tb.
beijao

Ingrid disse...

estava lendo sobre isso ontem,muita coisa muita coisa